O Centro Cultural Brasil – Estados Unidos de Campinas oferece gratuitamente serviço de orientação para quem quer estudar no exterior. O Centro de Orientação Educacional (COE) da escola informa aos interessados sobre oportunidades, custos, pré-requisitos, testes, vistos, processos de admissão e possibilidade de bolsas de estudo em instituições norte-americanas. Afiliado a Embaixada Americana e a Comissão Fulbright, o COE informa e orienta sobre programas de bolsas de doutorado e outras. O escritório também oferece o serviço de tradução de documentos escolares para os estudantes que estão em processo de admissão em escolas ou universidades americanas.

O Centro é ligado ao projeto Education USA, do Departamento do Estado Americano e da Comissão Fulbright. Este projeto tem como missão orientar pessoas interessadas em estudar nos Estados Unidos, seja no High School (correspondente ao ensino fundamental brasileiro), na graduação, mestrado, doutorado, pós-doutorado, curso de línguas ou especialização.

No CCBEUC, estas orientações são oferecidas individualmente ou em grupo. A instituição traz ao público, ainda, palestras, workshops, oficinas de estudo, feiras de intercâmbio, revisão de formulários, cartas de apresentação, divulgação dos programas de bolsas de estudos nos Estados Unidos, tradução de documentos exigidos pelas escolas e universidades, orientação sobre vistos de estudantes e sobre pré-partida. As coordenadas iniciais, dadas em uma primeira orientação, não são cobradas pelo CCBEUC.

Segundo Suzi Teixeira de Almeida, consultora sênior do CCBEUC, há várias opções para os brasileiros de várias idades. Mais de 100 pessoas procuram o serviço de orientação gratuita por mês, devido ao estímulo que as universidades brasileiras estão dando aos alunos para que estudem no exterior, mas, também, graças às ações realizadas por instituições de ensino estrangeiras para divulgar seus cursos no Brasil. Outro fator importante que estimula o estudo no exterior é o próprio mercado de trabalho, afinal, quem tem uma experiência no exterior certamente tem destaque na hora da seleção.

Pensando nisso, o CCBEUC apresenta, frequentemente, eventos que têm o objetivo de divulgar a história, a cultura, os costumes e a educação dos países mais procurados pelos brasileiros para a prática de intercâmbio cultural. Mas, quem for estudar nos Estados Unidos não deve deixar tudo para a última hora. “A viagem deve ser planejada pelo menos com um ano de antecedência para haver tempo hábil de cumprir com todas as exigências e os prazos, aconselha Suzi”.

Vicente Della Tonia Júnior e Sidnei Alferes são dois exemplos de alunos que receberam orientação do Centro Cultural e hoje estão realizados estudando nos EUA. “Graças a Deus tudo está caminhando bem, melhor que eu imaginava. Tenho feito alguns recitais por aqui, em outras cidades e em Boston. Estou muito contente”, afirma Vicente em e-mail enviado à instituição. Sidnei também entrou em contato com o CCBEUC. “Eu cantei cenas de ópera este semestre em dois ótimos papéis e já fui selecionado para um dos papéis principais no Spring Term na GSU (Georgia State University). Apresentei também uma canção brasileira no recital da área de canto da escola com a presença de todos os professores e alunos”, conta.

(Visited 121 times, 1 visits today)