O mercado de trabalho está cada vez mais exigente. Se destacar nas entrevistas e na empresa que já trabalha requer, entre outras diversas coisas, o conhecimento avançado do inglês. O nível básico e intermediário ajuda a ler textos e comunicar o necessário ao seu interlocutor estrangeiro, mas o nível avançado, com fluência no idioma, é imprescindível para compreender textos, manter conversas mais complexas, fazer reuniões, tratar de assuntos mais técnicos e manter relações diretas com colegas de trabalho no exterior.

As empresas não estão buscando mais o “arroz com feijão”, dependendo da área e do cargo, o inglês avançado e fluente é obrigatório na hora da contratação ou da promoção. Dominar uma segunda língua significa desenvolvimento, condições de acompanhar as mudanças e a dinâmica desse século tecnológico em que vivemos. E isso é recompensado pelas empresas. Pesquisas revelaram que o salário de alguém fluente em inglês é 35% maior em relação ao salário de alguém sem o domínio do idioma.

Abaixo, listamos algumas dicas e estratégias para conseguir maior fluência no inglês.

Recuse as fórmulas da internet. Você não vai aprender inglês usando aplicativos de aprendizagem ou em cursinhos online que prometem milagres. Você precisa de profissionais que saibam explicar conteúdos, identificar e trabalhar suas dificuldades e estimular seu aprendizado. Aplicativos de aprendizagem servem apenas para testar seus conhecimentos, não são eles que irão te ensinar um novo idioma. Cursos mágicos que algumas escolas oferecem, prometendo fluência após poucos meses de aula servem apenas para uma coisa: enganar. Você pode sim estar falando inglês após alguns meses de curso, mas isso não significa que estará apto para se dizer fluente. Mas isso não significa que é necessário ficar anos estudando inglês para se tornar fluente, existem cursos que focam em necessidades específicas e urgentes para auxiliar o aluno a aprender direito.

Leia e escute músicas em inglês. Isso não faz com que você se torne um expert no idioma ou pule do básico para o avançado em dias. Ler e escutar músicas na língua que você está aprendendo serve para ganhar vocabulário, praticar a pronúncia e conhecer a escrita de certas palavras. Na época escolar, professores incentivam os alunos a lerem livros para que tenham um vocabulário mais rico, consigam criar textos com mais facilidade e destreza, mas também para que tenham reflexos mais rápidos, conseguindo mais agilidade na hora de se comunicar. Ler e escutar músicas em outra língua auxilia também a conhecer sobre novas culturas, facilitando o entendimento da língua e dos falantes desta.

Utilize a internet para seu benefício. A internet é o maior aliado do aluno que está aprendendo um novo idioma. Dicionários, sites para praticar o inglês (escrevendo ou falando), redes sociais, canais de vídeo, etc., tudo isso serve para que o aluno tire dúvidas com relação à escrita e a pronúncia e também encontre estrangeiros a procura de uma boa conversa para praticar o inglês.

Adquira vivência no exterior. Praticar conversação nas aulas e na internet é importante e ajuda muito o aluno a aprender, mas vivenciar o dia a dia de outro país, respirando sua cultura e sua rotina, praticando inglês com nativos e estando totalmente imerso na nova língua é uma experiência indescritível. Isso não ajuda o aluno apenas a ganhar fluência e a melhor seu currículo, mas também o faz crescer pessoalmente. Quem já fez intercâmbio garante, é uma das experiências mais incríveis que já tiveram e que os ajudou a ganhar mais do que um bom inglês.

Se tornar fluente em uma língua não acontece por acaso, você não vai aprender inglês do dia para a noite, mas uma boa escola de idiomas, com professores experientes e um ensino de qualidade são primordiais para garantir um bom conhecimento no novo idioma.

(Visited 475 times, 1 visits today)